O per-dom


Feliz daquele a quem foi perdoada a culpa 
e absolvido o pecado. 
Feliz o homem a quem o Senhor não acusa de iniquidade 
e em cujo espírito não há engano. 

Confessei-vos o meu pecado 
e não escondi a minha culpa. 
Disse: «Vou confessar ao Senhor a minha falta», 
e logo me perdoastes a culpa do pecado. 
Livro de Salmos 32(31),1-2.5
da liturgia de hoje

___________________________________________________________
Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Sou mãe de um forcado. E agora?

O grande educador sexual

Suécia persegue parteiras que se negam a praticar abortos