Quem está de pé, cuide de não cair



Assim pois, se já estás no caminho, não te afastes dele; senão, o Senhor deixar-te-á errar no «caminho do teu próprio coração» (Is 57,17). […] Se achas a via demasiado estreita, considera o termo para onde te conduz. […] Mas, se não conseguires ver tão longe, confia em Isaías, o vidente. Ele, que conseguia ver ao mesmo tempo a estreiteza e o fim da estrada, acrescentava: «Apenas passarão os remidos. Os que o Senhor libertar é que passarão por ela. Chegarão a Sião entre cânticos de júbilo, com a alegria estampada no rosto, transbordando de gozo e de alegria; nos seus corações, não haverá mais tristeza nem aflição» (35,9-10).
Beato Guerric de Igny (c. 1080-1157)
abade cisterciense
5º sermão para o Advento

Comentários

Mensagens populares deste blogue

16 de Julho - Nossa Senhora do Carmo

A família, espaço de resistência

Se eu fosse filmado secretamente...