O objecto do Ano Novo


O objecto de um Novo Ano não é que devamos ter um ano novo. É que tenhamos uma nova alma e um novo nariz; novos pés, uma nova coluna vertebral, novos ouvidos e novos olhos. Um homem particular não tomará nenhuma resolução a não ser que tenha decidido as suas resoluções de Ano Novo. A não ser que um homem comece fresco todas as coisas não fará nada efectivo, certamente. A não ser que um homem comece partindo da estranha assunção que nunca existiu antes, é quase certo que ele não existirá depois. A não ser que um homem nasça de novo, ele não entrará, de modo nenhum no Reino dos Céus
G K Chesterton | Daily News
Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Sou mãe de um forcado. E agora?

O grande educador sexual

Suécia persegue parteiras que se negam a praticar abortos