Suíços rejeitam receber 2260 euros por mês só por estarem vivos

Título: Suíços rejeitam receber 2260 euros por mês só por estarem vivos

Comentário: O espantoso deste título do DN não é o resultado do referendo, mas a maneira como o DN o redige. O leitor menos avisado julgaria que os suíços recusam receber uma dádiva do céu que atribuiria a cada um deles 2500 francos suíços. Porém, os suíços são mais avisados do que o redactor do DN: eles sabem bem que os 2500 francos suíços saem direitinho dos seu bolsos para suportar esta “dádiva”

Notícia no DN 2016.06.05
Segundo as projeções da televisão pública, 78% dos suíços rejeitaram o referendo que previa dar um subsídio para todos.
Os suíços rejeitaram, sem surpresa, a criação de um Rendimento Básico Incondicional, um projeto revolucionário que implicaria a atribuição mensal de 2500 francos suíços (2260 euros) a cada adulto e 650 francos suíços para cada criança, sem contrapartida. A ideia era a de que este subsídio, que acabaria com qualquer outro abono, iria promover a dignidade humana e o serviço público.
O dinheiro seria atribuído a todos os suíços e aos estrangeiros que vivessem no país há cinco anos, quer tivessem ou não um emprego.

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Sou mãe de um forcado. E agora?

Suécia persegue parteiras que se negam a praticar abortos

Gomes-Pedro: “A mãe não precisa de descansar e dormir, precisa é de namorar com o seu bebé”