Um facto

POVO 02.12.16


A Igreja não pode estar em crise porque é um facto. 

Cardeal Giacomo Biffi


Entre celebrações inexistentes no 25 de Novembro e tímidas no 1º de Dezembro, vemos votos emotivos pela morte de Fidel Castro e nenhuns pelas vítimas do seu regime, ao mesmo tempo que recebemos de forma pouco amigável um monarca vizinho.

Perante aquilo que parece ser uma cegueira ideológica e amnésia voluntária, podemos escandalizar-nos. Mas somente a memória de um facto poderá falar da verdade, na era da mentira.

Se nunca ouviu falar em pós-verdade, esta é, não só uma palavra, como é, segundo o Oxford English Dictionary, a palavra do ano naquela que é uma mudança de época.

Rezemos por isso pela Igreja e em particular pela Diocese de Lisboa, para que o seu trabalho sinodal destes dias, seja iluminado nas formas criativas do Espírito para fazer chegar este 'facto' a todos.
Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Sou mãe de um forcado. E agora?

O grande educador sexual

Suécia persegue parteiras que se negam a praticar abortos