Mensagens

A mostrar mensagens de 1998

Carta encíclica Fides et Ratio

Ciência e finalidade

João César das Neves DN, 27 de Julho de 1998

Escrevi aqui recentemente alguns artigos onde fazia considerações menos respeitosas sobre a ciência. A reacção de estranheza, por parte de amigos ou desconhecidos, foi muito superior ao interesse que os meus humildes textos costumam despertar. De tal forma que me decidi hoje a romper uma das minhas regras, e abordar o tema directamente.
Um dos princípios que procuro seguir é a de não escrever na Imprensa sobre textos da Imprensa. Tenho uma consciência muito viva de que, neste extraordinário Portugal, único no mundo, existe uma terrível praga que tem empestado o País, pelo menos desde D. João I: a elite nacional, pomposa e balofa. E uma das mais claras manifestações da sua esterilidade intelectual é esta tendência de escrever textos sobre outros textos, próprios ou alheios. Assim sendo, a Imprensa e, em geral, a cultura nacional entram em círculo vicioso, alimentando a banalidade. Daí esta minha regra básica. Mas, por uma vez, vou, com desculp…

A resposta da misericórdia

João César das Neves Diário de Notícias, 09 de Fevereiro de 1998
E agora? Depois da votação de quarta-feira sobre o aborto, qual é a situação? A situação é que temos uma lei iníqua. Qualquer que fosse o resultado da votação de dia 4, já a temos desde 1984! E que devemos fazer quanto a isso? Temos, simplesmente, de continuar a luta contra a iniquidade. Em primeiro lugar, deve continuar o esforço legal. O debate do dia 4 sobre o aborto não foi o fim. Temos de continuar a luta jurídica, sem nunca utilizar os meios vergonhosos de outros. Não só será preciso lutar contra a lei actual, mas contra os próximos projectos de liberalização da morte, nas várias fases da vida, que vão certamente aparecer. Aliás, a luta contra o aborto vai mesmo passar por campos inesperados. Por exemplo, nas discussão do Orçamento de Estado o aborto estará bem presente. Será com o dinheiro dos impostos de todos que serão mortos os bebés antes de nascer. E as despesas necessárias ao aborto serão tiradas das poucas ve…