sábado, 10 de dezembro de 2016

Carlo Acunti : um 'geek' de computadores a caminho de ser santo

WWW.ALETEIA.ORG   03.12.16

Em 24 de Novembro, 2016, o Cardeal Angelo Scola fechou a fase diocesana do processo de canonização de Carlo Acutis, um rapaz italiano de 15 anos que morreu em 2006 de leucemia. Ele era um adolescente se dedicou à oração e à missa diária assim como à programação de comutadores, edição de filmes, criação de websites e edição e design de banda desenhada. 

De acordo com o site do seu processo de canonização  o “Carlo era talentoso em qualquer coisa relacionada com computadores, já que os seus amigos e os adultos com formação em engenharia informática consideravam-no um génio. Todos ficavam impressionados com a sua capacidade de entender os segredos dos computadores que eram normalmente acessíveis apenas a quem tivesse terminado a universidade. 

Quem diz que não podes ser santo?
Um dos seus mais significativos projectos informáticos foi catalogar todos os milagres eucarísticos do mundo. Começou o projecto com 11 anos e escreveu na altura: Quanto mais comungarmos mais nos tornaremos como Jesus, para que nesta terra possamos experimentar o Céu.  Depois pediu aos pais para o levarem a todos os locais dos milagres eucarísticos, dois anos e meio depois o projecto estava completo. 



   Carlo Acunti em Fátima (local de milagre eucarístico)


Acutis investigou mais de 136 milagres eucarísticos que ocorreram aos longo dos séculos em diferentes países do mundo e que foram reconhecidos pela Igreja e coleccionou-os num museu virtual. Além de criar o website para este museu virtual, ajudou a criar uma exposição em painéis que viajou à volta do mundo. 

De acordo com o painel introdutório, "Só nos Estados Unidos, graças à assistência das instituições Knights of ColumbusThe Cardinal Newman Society e The Real Presence Association and Education, com o apoio do Cardeal Edmond Burke a exposição foi recebida em centenas de paróquias e mais de 100 universidades. Os painéis viajaram os 5 continentes e inspiraram muitos com as suas impressionantes fotografias e belíssimas histórias.  

Acutis disse uma vez, "Estar sempre perto de Jesus, esse é o plano da minha vida". Na sua curta vida na terra atingiu esse objectivo e permaneceu junto a Jesus em tudo o que fazia, fosse a rezar durante horas em frente ao Santíssimo Sacramento, a criar websites, ou a ir à escola como qualquer outro adolescente normal. 

Não tens que ser bom aluno para ser santo 
A sua mãe disse sobre ele “A sua imensa generosidade tornava-o interessante a todos: os estrangeiros, os deficientes, as crianças, os mendigos. Estar junto do Carlo era como estar perto de uma fonte de água fresca. [ele] compreendia o verdadeiro valor da vida como dom de Deus, como uma tarefa, uma resposta a dar ao Senhor Jesus, dia a dia, na simplicidade.” , Continuou a sublinhar, “Devo salientar que ele era um rapaz normal que era alegre, sereno, sincero e prestável e que adorava ter companhia, gostava de ter amigos.”

Ele permanece uma inspiração, especialmente aos adolescentes que duvidam poder ser santos e normais ao mesmo tempo e individualmente únicos. “Todos nascem como originais," mas muitos morrem como fotocópias". Morrer como um original, maninha Carlo, era ser guiado por Cristo, e olhá-Lo constantemente. 

Apesar de ter levado uma vida de oração devota - ia à Missa todos os dias - o Carlo estava muito interessado em ser um adolescente no século XXI. Além dos seus interesses que eram muito vastos, encontrava também tempo para trabalho voluntário com crianças e idosos porque, dizia ele, "O nosso objectivo tem que ser o infinito e não o finito. O infinito é a nossa terra. Somos sempre esperados no Céu."  

A próxima fase no processo de canonização é enviar o conjunto de todos os trabalhos biográficos para Roma para serem revistos pela Congregação para a Causa dos Santos. Se aprovado, a causa para a canonização de Carlo Acutis avançará e o Santo Padre  poderá declará-lo venerável.”





Enviar um comentário