David e Golias

Há dias em que acordo medindo o peso do que há para fazer com a minha capacidade, disponibilidade ou vontade e sinto-me esmagado. Pode ser apenas um minuto, porque o que tem que ser tem muita força, já sou adulto e o que é preciso é andar para a frente.
Como habitualmente enquanto tomei o pequeno almoço li as notícias e não consegui encontrar nada de bom, nada que cumprisse a necessidade que li hoje no texto do Padre Vasco Pinto de Magalhães que agora recebo diariamente:

Temos de nos tornar pedagogos da alma, educadores do optimismo. Não só na escola, mas em casa, no trabalho, na rua. Pedagogos da alma, porque alma significa ânimo significa alegria! Uma pedagogia do olhar e do ânimo interior, porque o que vemos é um mundo muito infeliz, um mundo insatisfeito, fragilizado, ressentido. Precisávamos desta pedagogia do ânimo.
ONDE HÁ CRISE, HÁ ESPERANÇA
Vasco P. Magalhães, sj

Com falta de assunto refugiei-me no Evangelho Quotidiano e confortei-me a ler o episódio do confronto entre David e Golias: - É isso mesmo, às vezes sinto-me um pequeno David face ao Golias das tarefas e dificuldades da vida. É a coragem e a confiança de David que me falta: “eu, porém, vou a ti em nome do Senhor do universo, do Deus dos esquadrões de Israel”.
É preciso andar para a frente, não porque sim, por um voluntarismo sem sentido, mas porque é em nome do Senhor do Universo que enfrentamos os Golias da nossa vida. Um bom e santo dia!
Pedro Aguiar Pinto
Agenda da semana: 

É só no dia 11 de Fevereiro que ocorrerá a 4.ª Jornada do Banco Farmacêutico, mas é preciso programar desde já. Já pensou em ser voluntário? Pense nisso e preencha e envie esta ficha de inscrição. Reserve o dia 11 de Fevereiro

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Se eu fosse filmado secretamente...

16 de Julho - Nossa Senhora do Carmo

A família, espaço de resistência