terça-feira, 3 de maio de 2016

A minha mãe fez 90 anos

A minha mãe fez 90 anos. No sábado estivemos todos na sua festa de anos que reuniu todos os ramos da família.
Desde há uns anos que tenho vindo a assistir a um progressivo desinteresse nas suas actividades do dia a dia. E, como consequência a ajustar o meu conceito, o que é o mesmo que dizer, a construir o meu preconceito.
No fim do almoço em que a mãe esteve sempre bem disposta com as suas amigas mais próximas em idade quis falar a todos. Pediu silêncio e disse o que vem abaixo (I). Uns minutos depois fez menção de voltar a falar, insistindo, quando eu tentei perceber se faria sentido falar outra vez. Pediu de novo silêncio e disse o que vem em II.

I - (Agradeço o silêncio que se criou.)

Queria agradecer a presença que sei que não é só física mas de coração.
Peço ao Senhor que todos tenham uma vida em função d'Ele, à procura d'Ele, à procura d'Ele nos outros.
Peço perdão por me afastar destas minhas palavras.
Que o Senhor abençoe a todos junto d'Ele. Amen

II - (Agradeço o silêncio que se criou.)

Desejo a todos uma vida feliz e que a alegria não seja só nas festas e nos encontros mas que se torne realidade na nossa vida do dia a dia.
Que tenham todos uma vida na companhia do Senhor e que saibam responder ao que Ele vos pede.
Até sempre


Obrigado mãe. Peço desculpa pelas vezes que não a ouço como devia.

P.S. A reprodução das palavras da mãe foi possível porque houve netos que estiveram muito atentos ao que a avó disse. Bem hajam!


A minha mãe com os seus 9 filhos, noras e genros, netos e bisnetos
Enviar um comentário