Narcisismo

Apesar de parecer o remédio moderno para todas as circunstâncias que retiram a alegria de viver, a auto-estima não é a base da identidade . Resulta muitas vezes em querer bastar-se a si mesmo. E tende para o narcisismo ― amor excessivo e doentio a si próprio ― fecha a pessoa na contemplação de si mesma, criando a percepção errada ― mas nem por isso pouco frequente ― de que tudo na vida gira em volta de nós mesmos. Ora, amar é exactamente o contrário. É sair de nós mesmos e promover o bem que existe no outro. Logo, o amor é completamente incompatível com a tendência narcisista que pretende "possuir" o outro para ser feliz.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Se eu fosse filmado secretamente...

16 de Julho - Nossa Senhora do Carmo

A família, espaço de resistência