A árvore do conhecimento do bem e do mal

Já toda a gente ouviu a história de Adão e Eva, só não sabe que essa história é o retrato de todos e de cada um de nós. Conta-se a história como sendo de um primeiro homem e uma primeira mulher para dizer que aquilo que vale para os pais da humanidade vale para todos os descendentes. E na verdade todos sofremos, de vários modos, a tentação de comer da árvore do bem e do mal, isto é, a tentação de sermos auto-suficientes, de não precisarmos de quem nos ensine, de sermos nós a dizer o que é o bem e o mal. A árvore no meio do jardim é uma referência, define os espaços, para que lado bem, para que lado mal. A tentação de a comer, de a fazer minha, de ser o dono da quinta, é a tentação de ser eu a dizer o que é bem ou mal conforme me apetecer e sem ter de me referenciar.
ONDE HÁ CRISE, HÁ ESPERANÇA
Um pensamento por dia: ver em tudo o que acontece uma oportunidade de crescimento

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Se eu fosse filmado secretamente...

16 de Julho - Nossa Senhora do Carmo

A família, espaço de resistência