Dar o exemplo

João Pereira Coutinho
Correio da manhã 17.06.2016 01:45

Professores não precisam de França quando podem ensinar Costa. 

António Costa devia ter vergonha: como é possível sugerir a professores sem alunos que ensinem em França? Qualquer português sabe que existe o direito constitucional de termos emprego à porta de casa (artº 297). Claro que, para ensinar, é preciso alunos; e os alunos, até prova em contrário, precisam de nascer primeiro. Mas nem isso autoriza Costa a sugerir a ‘emigração’. Seria mais sensato distribuir melhor os alunos – um ou dois por turma, digamos. E, já agora, ponderar a obrigatoriedade de cada família lusitana dar um contributo demográfico para a escolinha do dr. Nogueira. Felizmente, Costa emendou-se e afirmou que não tinha dito o que tinha dito. Terá sido falha nossa? Ou foi falha dele, incapaz de pensar e falar com clareza? Neste último caso, Costa podia dar o exemplo e sentar-se na primeira fila das nossas escolas abandonadas. Tenho a certeza que haveria um professor só para ele.
Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Sou mãe de um forcado. E agora?

O grande educador sexual

Suécia persegue parteiras que se negam a praticar abortos