Aceitam-se apostas

João Pereira Coutinho | CM 26.03.2016 00:52 

Marcelo enfiou a cabeça no cepo para o que der e vier. 

Corre por aí uma tese segundo a qual Passos Coelho é um líder ‘isolado’. Foi reeleito com votação norte-coreana? Ilusório, dizem os ‘especialistas’. António Costa aguenta-se. O apoio das esquerdas também. E até Marcelo dá uma caridosa ajuda, adoptando o governo como seu. Exactamente como Cavaco fez com Sócrates no início. Os dias de Passos estão contados. Acredito que estejam – se o país, milagrosamente, cumprir as fantasias que o Orçamento promete. Mas se o futuro não for risonho, a única personagem que eu vejo ‘isolada’ nesta valsa não é Costa, nem as esquerdas. É Sua Excelência, o Presidente da República, que continua tão apaixonado por si próprio que até enfiou a cabeça no cepo para o que der e vier. Como se a popularidade fosse eterna e impermeável à pobreza e à falência. Passos espera. Marcelo entusiasma-se. Não é preciso ser um génio para ver que só um deles sairá a ganhar.

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Sou mãe de um forcado. E agora?

O grande educador sexual

Suécia persegue parteiras que se negam a praticar abortos