Deslumbramento

Estive com o Fernando há duas semanas, lá em casa. Tinha acabado de ter alta do IPO, após 5 dias de internamento.
Tive o privilégio, a sorte de falarmos durante mais de duas horas. Voltei a agradecer-lhe o exemplo.
Disse-lhe, com a sinceridade que ele me permitia: vós os dois, Fernando e Leonor, sois um ideal, sois os melhores. Os melhores.
A dada altura chorámos, abraçados.
Não chorei por estar triste: chorei por deslumbramento; chorei por alegria; chorei por não conseguir conter a quantidade de amor e fé que o Fernando me transmitia.
Vimos álbuns de fotografia; falámos de viagens; fomos servidos pela Leonor; moí o juízo à Teresinha.
Agendámos um jantar.
O Fernando já está em casa. O seu sorriso, aquele sorriso, já nos alegra a partir do Céu. O jantar está agendado, Fernando. Grande abraço do amigo muito, muito agradeçido

João Paulo Malta

Comentários

Mensagens populares deste blogue

OS JOVENS DE HOJE segundo Sócrates

Como se calculam os 40 dias de Quaresma?