sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Jesus ainda tem dois pais e nós também

Raquel Abecasis | RR 26 Fev, 2016

Quero louvar este gesto superlibertador do nosso sempre dinâmico Bloco de Esquerda.

E dois pais chegam-nos muito bem, não é necessário arranjar mais meia dúzia, por mais que isso seja giro e moderno para os nossos mega-in do Bloco de Esquerda.
Os ultramodernos e super-respeitadores de todas as liberdades descobriram agora que Jesus, como todos nós, temos um pai no céu e outro na terra, e já agora temos também uma mãezinha que também não é dispensável no processo da criação, apesar de isso ser naturalmente um desrespeito pelas liberdades e pelos direitos humanos.
É por isso que quero louvar este gesto superlibertador do nosso sempre dinâmico Bloco de Esquerda que, com o seu giríssimo cartaz sobre os dois pais de Jesus, dá um passo de gigante na luta contra as leis da natureza. São leis opressoras, contra os direitos humanos, contra a liberdade individual de cada um e devem, portanto, ser combatidas sem preconceitos.
Eu diria mesmo que este é um gesto tão libertador como aquela célebre frase escrita nos muros de Paris no auge da festa do Maio de 68: “Deus está morto, Marx está morto, Freud está morto e eu mesmo não me sinto muito bem.”
Deus ainda não morreu, mas os nossos bloquistas não desistem da luta, para que um dia cada um, liberto das amarras de Deus, tenha o direito de criar a sua própria realidade, sem preconceitos, sem limitações dando asas a tudo o que a sua imaginação desejar. Assim mesmo é que deve ser, continuem o vosso trabalho e não se deixem intimidar com o respeito devido a quem não pensa como vocês.
Vocês são mesmo espectaculares!
Enviar um comentário