Pensamento crítico

Um professor de Psicologia enviou este e-mail aos seus alunos depois de uma aula de discussão sobre religião
– Imgur
January 28, 2012

O propósito de uma universidade e desta minha disciplina em particular, é debater-se intelectualmente com alguns dos mais difíceis tópicos que podem não ter uma resposta certa e tentar chegar a algumas conclusões acerca do que pode ser “a melhor resposta” (tipicamente não se dá o caso de todas as respostas serem igualmente válidas; algumas perspectivas são mais defensáveis do que outras).
Outro propósito da universidade e também em particular, da minha disciplina, é empenharmo-nos numa discussão aberta para examinarmos criticamente crenças, comportamentos e costumes.
Finalmente, outro propósito da educação universitária é ajudar os estudantes, que não estão habituados a pensar independentemente ou a aplicar a análise crítica a diferentes perspectivas ou crenças, a começar a aprender como fazê-lo.
Não estamos aqui para aprender “factos” que simplesmente regurgitamos sem pensar no teste final.
O pensamento crítico é uma capacidade que se desenvolve no tempo.
O pensamento independente não aparece de um dia para o outro. Quem pensa criticamente está disponível para ver desafiado aquilo em que acredita com estima e firmeza e deve aprender como “defender” os seus pontos de vista com base na evidência ou lógica, em vez de simplesmente “bater no peito” insistindo que as suas ideias são “válidas”.
Uma característica do pensador independente e crítico é ser capaz de reconhecer a fantasia da realidade; reconhecer a diferença entre crenças pessoais que não são mais do que crenças pessoais, versus posições baseadas em evidência ou que não têm evidência”

Comentários

Anónimo disse…
Sâo Paulo não estava preocupado com essa conversa toda, mas em anunciar CRISTO.

Mensagens populares deste blogue

Se eu fosse filmado secretamente...

16 de Julho - Nossa Senhora do Carmo

A família, espaço de resistência