O mundo não muda se eu não mudar

Vale a pena pensar nisto a sério: o mundo não muda se eu não mudar. Se cada um de nós não melhorar, o mundo também não melhora. E nós podemos fazer a diferença, se quisermos. É fácil ver as injustiças no mundo e gritar contra elas, mas tudo passa pela minha e pela tua vontade de lutar por um mundo mais justo e mais fraterno.
NÃO HÁ SOLUÇÕES, HÁ CAMINHOS
365 vezes por ano não perguntes porquê, mas para quê
Vasco P. Magalhães, sj
Edições Tenacitas
www.tenacitas.pt
http://www.facebook.com/edicoes.tenacitas
O «Financial Times» de quinta-feira 20 de Dezembro, publica um artigo que Bento XVI escreveu a pedido do jornal britânico por ocasião do Natal e da publicação do livro sobre a infância de Jesus.
Um último esforço de fim de ano (se já assinou divulgue junto dos seus amigos)
A Petição Defender o futuro que já foi divulgada no Povo em Abril passado, precisa de mais 500 subscrições para se tornar de apreciação obrigatória pela Assembleia da República e deste modo voltar a colocar estas questões na agenda política do país. Se ainda não assinou assine aqui a petição “Defender o futuro”
13:30 do dia 30 de Dezembro de 2012 há 3850 assinaturas
Se concorda que o aborto não deve ser gratuito e, que, em particular, neste momento em que o país atravessa as dificuldades económicas que sabemos essa gratuidade é imoral “Assine a petição "Acabar com o aborto gratuito".
13:30 do dia 30 de Dezembro de 2012 há 2409 assinaturas
Peço o vosso empenho na divulgação de ambas as petições
Pedro Aguiar Pinto

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

16 de Julho - Nossa Senhora do Carmo

A família, espaço de resistência

Sou mãe de um forcado. E agora?