Deixem-na nascer

MIGUEL ESTEVES CARDOSO Público, 25/09/2014 - 06:54

A astrologia é ideal para pessoas estúpidas e ignorantes que querem passar por sábias.

Um casal nosso amigo vai ter uma filha em Novembro. Um electricista que foi a casa deles quis saber a data. Mal soube, deu-lhes os pêsames: "Coitada, vai ser escorpião".

Ainda a menina não nasceu e já lhe deram uma personalidade de que não escapará enquanto viver, porque a astrologia assim jura.
A astrologia não é uma "-logia" sequer. Não merece esse sufixo. O nome correcto do que se faz e afirma sob esse falso nome é astromania.
A astrologia é ideal para pessoas estúpidas e ignorantes que querem passar por sábias. Aprende-se uma dúzia de estereótipos e fica-se equipado para a vida.
É um método grosseiro de catalogação, que predefine as pessoas e dispensa o conhecimento profundo e demorado de cada uma.
A própria nomenclatura é suspeita. A astrologia chinesa funciona por anos (é mais boçal mas menos trabalhosa), mas os nomes são todos de bichos. Parece uma brincadeira de crianças em que tu és o macaco, eu sou o rato e a tua prima é uma cabra do pior.
Os escorpiões picam e envenenam. Se calhar foi nisso que o mestre astrólogo electricista estava a pensar. Os leões armam-se em reis da selva e os carneiros marram com prazer, ao contrário dos touros, que só marram porque são teimosos e foram provocados.
A astrologia é um estudo. Mas é um estudo para quem não é capaz de estudar outra coisa. É uma lista de preconceitos e de simplificações.
Cada vez mais há bestas que invocam a astrologia para justificar a dificuldade que têm em pensar.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Se eu fosse filmado secretamente...

16 de Julho - Nossa Senhora do Carmo

A família, espaço de resistência