É possível fazer um juízo moral sobre as coisas que acontecem?

A liberdade faz do homem um sujeito moral. Quando age de maneira deliberada, o homem é, por assim dizer, pai dos seus actos. Os actos humanos, quer dizer, livremente escolhidos em consequência de um juízo de consciência, são moralmente qualificáveis. São bons ou maus.
Catecismo da Igreja Católica, 1749

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Se eu fosse filmado secretamente...

16 de Julho - Nossa Senhora do Carmo

A família, espaço de resistência