MAI divulga “post” em que Marcelo é considerado “o jumento do dia”

Marina Pimentel    RR online    25.10.2017

A situação aconteceu dois dias depois do discurso de Marcelo Rebelo de Sousa ao país sobre os incêndios.
Uma página do Ministério da Administração Interna (MAI) divulgou, para todas as polícias e outros organismos estatais, um artigo onde o Presidente da República é classificado como “o jumento do dia”.
A situação aconteceu dois dias depois do discurso de Marcelo Rebelo de Sousa ao país sobre os incêndios, que acabou por resultar na demissão da ministra Constança Urbano de Sousa.
Numa página do Ministério da Administração Interna, onde todos os dias é publicado um resumo de imprensa com noticias relevantes do dia, foi publicado no dia 20 deste mês um link de acesso a um artigo do blogue “O Jumento”, onde Marcelo Rebelo de Sousa é classificado como “O jumento do dia”. O "jumento do dia" é uma tradição deste blogue.
Resumo de imprensa do MAI, de 20 de Outubro
Nesse dia, o resumo de imprensa tem logo à cabeça o artigo “Umas no cravo e outras na ferradura”, com uma fotografia de um burro com uma gravata e onde se escreve que “Marcelo Rebelo de Sousa pode passear à vontade, desde que alguém leve o jipe com os processos para homologar, o que na maior parte dos casos não é mais do que assinar de cruz”.
Referindo-se ao facto de o Presidente da República se ter deslocado aos locais dos incêndios, é dito no artigo que “Marcelo, manhoso como de costume, preferiu que a mensagem do primeiro-ministro frio e distante dos problemas prevalecesse sobre a verdade”.
O facto de o Ministério da Administração Interna escolher um blogue com duras críticas ao Presidente da República para encabeçar um resumo de imprensa com notícias de rádios, jornais e televisões, é considerada no mínimo uma situação insólita e sem precedentes, por fontes contactadas pela Renascença.
O autor do blogue “O Jumento” escreve desde 2003 sob anonimato. A sua identidade já foi investigada, nomeadamente pela Interpol, mas nunca foi oficialmente revelada, embora em anteriores investigações jornalísticas a autoria do blogue tenha sido conotada com o Partido Socialista.
O que é certo é que o blogue “O Jumento” é considerado suficientemente relevante pelo Ministério da Administração Interna para constar no resumo de imprensa que é enviado a todos os organismos e serviços que dependem do MAI, como a GNR, Autoridade Nacional de Proteção Civil, PSP e SEF.
Mais relevantes que as outras notícias do dia, como um artigo do “Diário de Notícias” intitulado “Cadastro da floresta arranca a 1 de Novembro” ou do jornal "i", intitulado “Protecção Civil. Presidente apresentou demissão” ou ainda “Número de vítimas da tragédia sobe para 43”, do “Correio da Manhã”.
Renascença tentou contactar o Ministério da Administração Interna, mas ainda não obteve resposta.
Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

16 de Julho - Nossa Senhora do Carmo

A família, espaço de resistência

Sou mãe de um forcado. E agora?