Contradições

O nosso tempo parece aceitar sem ripostar imensas contradições como se nem sequer delas se desse conta.
É preciso, por isso, chamar a atenção para aquilo que, de tão absurdo, deveria ser imediatamente recusado. A passividade geral não só propicia que isso não aconteça como cria um clima de correcção política onde germina uma certa complacência e mesmo concordância.
É o caso da Petição pela abolição das touradas que falaciosamente usa argumentos cristãos e coloca os touros em pé de quase igualdade com os seres humanos atribuindo-lhes direitos e protecção que o Estado português hoje nega à criança por nascer.
É também o caso do amor abstracto à humanidade que é, pelo menos cúmplice com a indiferença a que é votado o vizinho próximo. Esta é a contradição que nos julga a nós, embora, Henrique Raposo escolha como exemplo a contradição entre o amor à humanidade e a defesa da morte de deficientes profundos.
A petição que é preciso apoiar assinando e divulgando é a que realmente defende o nosso Futuro

Comentários

A. João Soares disse…
Caro Amigo,

Realmente o mundo actual está impregnado de falta de racionalidade e as incongruências, o desejar uma coisa e o seu contrário, são frequentes.
Gostei deste texto que em pouco espaço transmite uma mensagem que incita ao raciocínio. Tomei a liberdade de o transcrever.

Cumprimentos
João

Mensagens populares deste blogue

16 de Julho - Nossa Senhora do Carmo

A família, espaço de resistência

Se eu fosse filmado secretamente...