Faith and Liberty Lifetime Tribute 2017

Faith and Liberty Lifetime Tribute 2017
Padre João Seabra
28 Junho – 18.00-19.30

No dia 28 de Junho, pelas 18.00 será entregue o Prémio Fé e Liberdade – um prémio que distingue anualmente individualidades cuja vida e obra se tenha notabilizado na defesa da fé cristã e da liberdade. 
A Comissão encarregada de eleger os laureados para a sexta edição do Prémio Fé e Liberdade decidiu, por unanimidade, distinguir o Cónego Doutor João Seabra, Director do Instituto Superior de Direito Canónico da UCP Presidente da Associação para a Educação, Cultura e Formação e Membro da Reitoria do Colégio de S. Tomás.
O elogio ao Laureado será feito pelo Professor Guilherme de Almeida e Brito, Vice-Director da CLSBE da UCP. 
Nesta sessão será ainda prestada uma homenagem a Mickael Novak (1933-2017) por Robert Royal, Presidente do Faith and Reason Institute, Washington D.C.

O Prémio Fé e Liberdade teve a sua primeira edição no ano escolar de 2011/2012 e premiou o Senhor D. Jaime Pedro Gonçalves, Arcebispo da Cidade da Beira, em Moçambique, a Senhora Dra. Maria Jesus Barroso, Presidente da Fundação Pro Dignitate e o Monsenhor João Evangelista, Fundador da ACEGE e Pároco da Sé Velha de Coimbra. Na segunda edição foi premiado o Prof. Doutor Mário Pinto, Professor da Universidade Católica Portuguesa. Na terceira edição foi premiado o Senhor Alexandre Soares dos Santos, Fundador do Grupo Jerónimo Martins e Fundação Manuel dos Santos. Na quarta edição foi premiado o Senhor Padre Lino Maia, Presidente da Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade. No ano passado, por ocasião da quinta edição, foi premiado o Senhor Padre Roque de Aguiar Cabral, Professor Jubilado da Faculdade de Filosofia de Braga (Universidade Católica Portuguesa). 

[A sessão Faith and Liberty Lifetime Tribute é de entrada livre, mediante registo prévio para summerschool.iep@iep.lisboa.ucp.pt]

Estoril Political Forum 2017
26 - 28 June, Hotel Palácio, Estoril


Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Sou mãe de um forcado. E agora?

O grande educador sexual

Suécia persegue parteiras que se negam a praticar abortos