As 14 Encíclicas de João Paulo II

Página 1

4 de Março de 2009

Ao longo do seu Pontificado, João Paulo II escreveu 14 Encíclicas. É um número bastante modesto, tendo em conta a sua energia e os anos que esteve à frente dos destinos da Igreja, especialmente quando comparado com as 40 encíclicas de Pio XII ou com as 87 de Leão XIII, que, só num ano, assinou sete destes documentos.

As Encíclicas de João Paulo II podem ser divididas em quatro grupos principais.

Em primeiro lugar, as três encíclicas sociais: Laborem Exercens, Sollicitudo Rei Socialis e Centesimus Annus.

Depois, há as Encíclicas trinitárias, com a Redemptor Hominis, sobre Jesus Cristo, a Dives in Misericordia, sobre Deus Pai, e a Dominum et Vivifi - cantem, sobre o Espírito Santo.

Há ainda quatro Encíclicas que podem ser agrupadas como dizendo respeito à vida da Igreja: Veritatis Splendor, sobre a moral; Ut Unum Sint, sobre o ecumenismo; Ecclesia de Eucharistia, sobre a relação entre a Eucaristia e a Igreja, e a importante Redemptoris Missio, sobre a missão da Igreja.

Por fim, surge uma série de outras Encíclicas que tratam de temas dispersos e, nalguns casos, particulares, como a Slavorum Apostoli, sobre São Cirilo e São Metódio, que evangelizaram os povos eslavos, a que João Paulo II pertencia.

Incluem-se, ainda, neste lote a Fides et Ratio, sobre a relação entre a fé e a razão; a Evangelium Vitae, que aborda temas éticos, como a inviolabilidade

da vida, e, por fim, a Redemptoris Mater, sobre a Virgem Maria.

As mais marcantes

Segundo o Cónego João Seabra, “as mais marcantes são a Redemptor Hominis, que marca o início do Pontificado, a Laborum Exercens, que é completamente original na doutrina social da Igreja, e a Redemptoris Missio, que manda a Igreja para o mundo inteiro”.

O pároco da Encarnação destaca ainda a Fides et Ratio: “O Papa Bento XVI tem feito do desenvolvimento da Fides et Ratio o assunto fundamental do seu Pontificado. A palestra de Ratisbona, o encontro com os intelectuais em Paris e a própria Encíclica sobre a esperança - Spe Salvi - ao falar da fé como posição razoável perante a vida, retoma todo o ensino da Fides et Ratio”.

Comentários

FRezende disse…
O Valor não está na quantidade, mas sim na riqueza e profundidade do seu conteúdo, assim como na oportunidade da sua elaboração.
E neste contexto, João Paulo II foi um Marco para a Igreja.

Mensagens populares deste blogue

Se eu fosse filmado secretamente...

16 de Julho - Nossa Senhora do Carmo

OS JOVENS DE HOJE segundo Sócrates