Se eu pudesse

POVO  21.02.2018

"Se eu pudesse meter no coração de toda a gente o lume que tenho cá dentro no peito a queimar-me e a fazer-me gostar tanto do Coração de Jesus e do Coração de Maria!"

Jacinta Marto


Enquanto escrevo estas linhas, avisto da minha janela um verdadeiro santuário no coração de Lisboa: o Hospital de D. Estefânia. Ali morreu a 20 de Fevereiro de 1920, Santa Jacinta Marto que ontem se celebrou, juntamente com o seu irmão S. Francisco, pela primeira vez, na Igreja de todo o mundo. A sua vida e morte aproximou tantos destes Corações que ardiam dentro do dela. Que sejamos nós também incluídos nesses tantos e aproveitemos estes 40 dias, para nos aproximar.


S. Francisco e S. Jacinta, rogai por nós.

Continuação de  Santa Quaresma, para todos.
Inês Aguiar Pinto Dias da Silva

Comentários

Mensagens populares deste blogue

OS JOVENS DE HOJE segundo Sócrates

Sou mãe de um forcado. E agora?