A vida é Bela!

Sofia Guedes, Facebook, 2015.06.18

Foi ontem que celebramos os 60 anos de um grande amigo, o Pedro Aguiar Pinto, o “pai” do POVO - Jornal de Boas noticias.
Acredito verdadeiramente que a nossa felicidade está quando vemos a felicidade dos outros. O nosso tesouro interior constrói-se a partir do horizonte exterior, com as imagens, as vozes, os cheiros que vamos prestando atenção. Tudo nos pode falar e atrair para o Amor de Deus. Passo a passo descobrimos que Ele nos fala no coração, na nossa alma e assim podemos “perfeitamente compreender, com todos os santos, qual seja a largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade desse Amor" (Efésios 3:17,18).
Se soubermos olhar para o Belo, ocuparemos a alma de Belo.
Se soubermos desejar e acolher o Bem, a nossa alma torna-se boa.
Se soubermos escolher ver o que de verdade importa, a nossa alma não descansa enquanto não a encontrar... a felicidade.
A vida do Pedro e da sua família, são um daqueles modelos que tem todas estas virtudes. São pessoas comuns, com defeitos com certeza, mas que sabem viver de dentro para fora e de fora para dentro animadas por este desejo profundo. 
Tiveram como podemos constatar nas bonitas palavras da Minhoca, sua mulher e da Inês, sua filha, muitas dificuldades, muitos momentos de sofrimento e de dor, mas acrescentaram na mesma medida o amor, a graça, e até a alegria. 
É bom ser amiga deles! É bom contemplar as suas vidas. 
O Pedro resumiu estes 60 anos da sua vida numa palavra: Gratidão! Também não consigo encontrar outra melhor.
A Vida é Bela! Mas para se reconhecer isso, precisamos em cada momento escolher bem... estar acordado e não deixar que a nossa alma se encha de porcaria que tantas vezes nos bate a porta... e se entrar, tratar logo de limpar, limpar, limpar....
Há muito mais Bem e Belo do que mau e feio. Depende da minha liberdade, para onde quero dirigir o meu “olhar”.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Se eu fosse filmado secretamente...

16 de Julho - Nossa Senhora do Carmo

A família, espaço de resistência