Tempos fascinantes que pedem a nossa iniciativa


"A extrema-esquerda e o jacobinismo das várias espécies não são sensíveis aos diálogos de apaziguamento" diz o Prof. Mário Pinto num texto clarissimo que é preciso ler para fundar a posição de cada um sobre a liberdade de educação e este recente assalto dos actuais "donos do Estado" à liberdade de escolha da escola dos nossos filhos.
Por isso, cada vez mais é preciso educarmo-nos, aprendendo de quem vai à nossa frente na mesma direcção.
Por exemplo, Eduardo Cintra Torres disseca com clareza as motivações do convite do actual primeiro-ministro ao ex-primeiro ministro Sócrates para estar presente na inauguração do túnel do Marão e Renato Epifânio desmascara a pa(n)lermice nas intenções e propostas do PAN. Para já são motivo de galhofa, mas se aprovadas terão sérias consequências.
"Não nos podemos queixar. Vivemos tempos fascinantes num mundo maravilhoso. Nem sempre pelas boas razões, umas vezes sim, outras não. Verdade é que, com tanto mal que nos ocupa o espírito, preenche as páginas dos jornais e toma conta dos tempos de antena, nem nos damos conta da beleza do mundo. Ou das suas surpresas. Nem dos pretextos que nos oferece para sorrir" diz António Barreto no seu "Um mundo maravilhoso"

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Sou mãe de um forcado. E agora?

Suécia persegue parteiras que se negam a praticar abortos

Gomes-Pedro: “A mãe não precisa de descansar e dormir, precisa é de namorar com o seu bebé”