Que se lixem…

Económico, 2015.10.04 21:47 Hugo Nogueira

Todos se recordam da polémica frase de Passos Coelho ao final de um ano de mandato: "que se lixem as eleições (...), o que interessa é salvar o País!".
Agora, 3 anos depois, após se terem tomado as medidas mais duras alguma vez implementadas em Portugal por um governo democrático, Passos Coelho acabou por conseguir o que para muitos seria impossível: salvar o país sem perder as eleições. Foram 4 anos em que vimos cair por terra as certezas que muitos tinham sobre o que seria ou não possível; em que um governo de coligação consegue terminar um mandato; em que algumas das maiores empresas do PSI 20 caíram nas ruas da amargura; em que ex-governantes foram detidos, e alguns condenados; e em que a "vitória esmagadora e inevitável" de Costa acabará, afinal, numa provável demissão. O País mudou muito nestes últimos 4 anos. Muita dessa mudança se ficou a dever à determinação e coragem de Passos Coelho. A bem do País é agora fundamental que não se mude agora o rumo, é preciso reformar o Estado, continuar a dar um impulso à Economia e isso implicará medidas tão duras e corajosas como aquelas que foram tomadas até aqui.
Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Sou mãe de um forcado. E agora?

O grande educador sexual

Suécia persegue parteiras que se negam a praticar abortos