Mensagens

A mostrar mensagens de Novembro, 2011

T.S. Eliot, ou o cristão no circo pagão

Henrique Raposo (www.expresso.pt) 8:00 Quarta feira, 30 de novembro de 2011 Em Ensaios Escolhidos, podemos encontrar um texto muito atual de T.S. Eliot: "A ideia de uma sociedade cristã". Este ensaio de 1939 é um ótimo buraco da fechadura para observarmos os dilemas do cristão na sociedade de 2011. Eliot dizia que o cristão tem de tentar influenciar a sociedade do seu país a um nível pré-político. Ou seja, não estamos perante a defesa de um Estado cristão, mas ante a defesa de uma sociedade cristã, uma sociedade com o seu centro vital amarrado a valores cristãos. Eliot, aliás, afirmava que é mais importante a existência de uma sociedade cristã do que a existência de governantes cristãos. Porquê? Numa sociedade cristã, um político pagão não consegue impor leis anti-cristãs, porque o tecido social não o permite. Ao invés, numa sociedade pós-cristã e pagã, um governo de políticos cristãos já não tem hipótese, pois está rodeado por uma sociedade que despreza o moral cristã. Po…

Ajudemos o Vale d'Acor

O Vale de Acór vai estar presente em várias feiras de Natal com alguns produtos 'de fabrico caseiro para venda': Já amanhã, dia 1 de Dezembro, no Altis da rua Castilho - conforme anexo-, a 'Entretantos' (grupo de artesanato da prisão de Setúbal), apresenta os seus trabalhos para venda; De dia 2 de Dezembro a dia 5 de Dez, a partir das 11h da manhã, o Vale de Acór terá banca montada na feira do Campo Pequeno. No dia 6 de Dezembro, terça-feira haverá uma grande gala de solidariedade também a favor do Vale d’Acór A não perder!

Gala de Natal 2011

Christmas Friends 2011

Fado e identidade

VASCO GRAÇA MOURA
DN 30 Novembro 2011
O fado de Lisboa é um género híbrido e nem sequer muito antigo (Rui Vieira Nery situa as primeiras referências documentais que lhe são feitas no segundo terço do século XIX). Nasce no Brasil e, transplantado para Lisboa, começa por ser dança de bordel e canção de rameiras. Mas, vindo de além Atlântico, mantinha uma relação com as origens africanas da música dos escravos negros e hoje ainda se pode notar nele algum parentesco com a música brasileira, com a cabo-verdiana e com algum jazz. Não tanto porque o encontremos nos exemplos de época numa perspectiva arqueológica do exame de modinhas e lunduns, mas porque a inovação musical que nele se opera tem intuitivamente presente essa relação ou redescobre essas afinidades. Nas letras populares que, já aclimatado em Portugal, foram sendo cantadas no fado, era natural que se tivesse desenvolvido uma propensão para falar da saudade que, em literatura, anda entre nós com expressão lírica desde os cancioneir…

Frase do dia

"Fácil é ser colega, fazer companhia a alguém, dizer o que ele deseja ouvir. Difícil é ser amigo para todas as horas e dizer sempre a verdade quando for preciso. Carlos Drummond de Andrade
(1902-1987)

30 de Novembro - Santo André

Imagem
Santo André e S. Tomé Bernini, Gian Lorenzo c. 1627 Óleo sobre tela 59 x 76 cm National Gallery London, UK

A menina da fotografia cresceu e chama-se Maria da Conceição Tina

Choque de titãs

JOÃO CÉSAR DAS NEVES DN 2011-11-28 Este é o momento do ano com maior elevação estético-artística. As negociações à volta do Orçamento do Estado suscitam sempre assombrosos requintes de retórica e prodígios de embuste. Somando agora o dramatismo e urgência da crise, a temporada do OE de 2012 promete ser a melhor de sempre, trazendo até um toque novo. Se por momentos esquecermos o interesse nacional, podemos deliciar-nos com o simples virtuosismo dos raciocínios e excelência da aldrabice. A democracia portuguesa tem vindo a melhorar sucessivamente a capacidade de pressão dos interesses e grupos organizados. Hoje as suas técnicas de influência e argumentação estão ao nível do melhor do mundo. Todas as principais corporações têm bem oleadas as suas influências partidárias, com poderosos embaixadores junto a cada centro de poder. Nesta altura Parlamento e corredores dos ministérios são palcos de portentos de distorção e aproveitamento. A lista de propostas de alteração ao Orçamento constitu…

Solidariedade: 2950 toneladas de alimentos contra a fome em Portugal

Campanha do Banco Alimentar juntou mais de 36 mil voluntários
Lisboa, 28 nov 2011 (Ecclesia) - O Banco Alimentar contra a fome angariou mais de 2950 toneladas de alimentos durante a campanha realizada em 1615 superfícies comerciais do país, sábado e domingo, com resultados próximos dos obtidos em 2010 (3265 toneladas). Em comunicado, a instituição revela que os géneros alimentares vão ser distribuídos na próxima semana a mais de 2047 Instituições de Solidariedade Social que os vão entregar a 329 mil pessoas com carências alimentares. A presidente da Federação dos Bancos Alimentares Contra a Fome, Isabel Jonet, citada pela Lusa, refere que “tanto as quantidades recolhidas como o número de voluntários (mais de 36 mil) ultrapassaram todas as expetativas”. “Em termos de quantidades, os resultados atingidos comparam muito razoavelmente com os melhores alcançados no ano passado por esta altura do ano, pese embora a evidente contração do rendimento disponível e do poder de compra dos portugue…

Acordos ou tumultos

Por estas horas, a maioria governamental e o Partido Socialista procuram chegar a acordo para alterar o orçamento, de forma a poder acolher algumas das exigências socialistas. Raquel Abecasis, RR on-line 28-11-2011 6:33 O entendimento, ao que tudo indica, não deverá alterar nada de substancial, até porque as propostas de alteração apresentadas pelos socialistas eram maximalistas, mas qualquer acordo que venha a ser anunciado, só pode ser bem recebido. A verdade é que, em matéria de diálogo com o maior partido da oposição, Passos Coelho não tem mostrado grandes diferenças em relação a José Sócrates e isso é, não só de lamentar, mas, também, de temer, porque os tempos não estão para mais crises de meninos que estão a brincar aos crescidos. O “agora eu mando e tu obedeces” é uma brincadeira divertida para crianças, mas não para adultos, muito menos quando se trata de governar um país em sérias dificuldades. O que lá vai lá vai, o PS já perdeu as eleições, Sócrates já partiu para outras p…

Chorar em público

Público 2011-11-28  Miguel Esteves Cardoso Quando sair este jornal, a Maria João e eu estaremos a caminho do IPO de Lisboa, à porta do qual compraremos o PÚBLICO de hoje. Hoje ela será internada e hoje à noite, desde o mês de Setembro do ano passado, será a primeira vez que dormiremos sem ser juntos.

O meu plano é que, quando me expulsarem do IPO, ela se lembre de ir ler o PÚBLICO e leia esta crónica a dizer que já estou cheio de saudades dela. É a melhor maneira que tenho de estar perto dela, quando não me deixam estar. Mesmo ficando num hotel a 30 passos dela, dói-me de muito mais longe.

O IPO consegue ser uma segunda casa. Nenhum outro hospital consegue ser isso. Podem ser hospitais muito bons. Mas não são como uma casa. O IPO é. Há uma alegria, um humor, uma dedicação e uma solidariedade, bem-educada e generosa, que não poderiam ser mais diferentes da nossa atitude e maneira de ser - resignada, fatalista e piegas - que são o default institucional da nacionalidade portuguesa. É grax…

Euronews: contra o apagão

Público 2011-11-28 José Ribeiro e Castro Ando inquieto com o possível fim da emissão portuguesa do Euronews. Não pode ser.
Já em 2002-03, o destino desse serviço andou tremido. Nessa altura, agi nalgumas frentes a partir da posição de deputado ao Parlamento Europeu. E, por várias diligências, minhas e doutros, os problemas resolveram-se: o futuro ficou assegurado no que é o figurino actual.
Hoje, a RTP garante o canal por dois instrumentos: um, a quotização como accionista em 338 mil euros anuais, com direitos de utilização integral do Euronews; outro, um contrato de produção em português, no valor de 1,66 milhões de euros por ano. É este acordo que estará em risco com a falada reestruturação da RTP: diz-se que o canal acaba em Janeiro de 2013, com denúncia até Julho de 2012.
Não pode ser. A lesão aos interesses do português como língua internacional seria de tal ordem que não acredito que isso aconteça. O que está em causa? Três coisas: a nossa língua; a Europa e a ideia que fazemos d…

Pendure o seu estandarte de Natal para marcar o início do Advento

Imagem
Queridos amigos, Aí está o Natal! E com ele mais um ano em que a Plataforma Estandartes de Natal vem convidar a colocar o Estandarte do Menino Jesus no exterior das nossas casas; com este simples gesto daremos o nosso contributo para a recristianização do Natal português. Este ano, além do tradicional Estandarte do Menino Jesus, existem outros modelos com o Presépio e a Sagrada Família. Podem ver os vários modelos e saber onde adquiri-los em www.estandartesdenatal.org. Propomos a todos que coloquem os estandartes nas vossas janelas e varandas no dia 27 de Novembro, data que marca o inicio do Advento. Será uma forma de criar algum impacto visual nas nossas cidades e aldeias e espalhar os mais de 50.000 estandartes já vendidos nos últimos 2 anos em Portugal. Vamos "incendiar" o nosso país com o fogo do Amor do Menino Jesus?
Plataforma Estandartes de Natal

Saudade das saudades - homenagem ao fado

Imagem

Fado inscrito na lista representativa do Património Cultural Imaterial da UNESCO

Imagem
in: UNESCO
Fado, urban popular song of Portugal
Inscribed in 2011 (6.COM) on the Representative List of the Intangible Cultural Heritage of Humanity Country(ies): Portugal Description
Aperçu Fado, urban popular song of Portugal©Kátia Guerreiro 2006 by José Frade Fado is a performance genre incorporating music and poetry widely practised by various communities in Lisbon. It represents a Portuguese multicultural synthesis of Afro-Brazilian sung dances, local traditional genres of song and dance, musical traditions from rural areas of the country brought by successive waves of internal immigration, and the cosmopolitan urban song patterns of the early nineteenth century. Fado songs are usually performed by a solo singer, male or female, traditionally accompanied by a wire-strung acoustic guitar and the Portuguese guitarra – a pear-shaped lute with twelve wire strings, unique to Portugal, which also has an extensive solo repertoire. The past few decades have witnessed this instrumental acc…

Começa hoje o Advento

A Igreja Católica assinala este domingo o início de um novo ano no seu calendário litúrgico, que começa com o chamado tempo do Advento, compreendendo os quatro domingos anteriores ao Natal. As três primeiras semanas, que recordam especialmente a segunda e última vinda de Cristo à Terra, esperada pelos cristãos para o fim dos tempos, tornam o Advento num tempo penitencial marcado pelo convite à vigilância, arrependimento e reconciliação com Deus. A partir de 17 de Dezembro a liturgia adventícia, pautada pela cor roxa, acentua a festa do nascimento de Jesus, o Natal, que os católicos assinalam a 25 de Dezembro. As leituras bíblicas proclamadas nas missas evidenciam as figuras bíblicas do profeta Isaías, de João Batista, precursor de Cristo, e de Maria, mãe de Jesus. As manifestações do Advento, palavra de origem latina que significa “vinda” ou “chegada”, expressam-se na coroa de ramos verdes com quatro velas, que se acendem aos domingos, bem como na armação do presépio, entre outras pr…

Advento rezado em família (2011)

Calendário do Advento (desdobrável anexo ao "Advento rezado em família")

Ciclo de cinema católico - Revelar-Te

Barioná ou o jogo da dor e da esperança

O espantoso boicote a quem quis trabalhar

Aura Miguel RR on-line 25-11-2011 8:20 Uma das consequências da liberdade alcançada com o 25 de Abril foi o direito à greve. Assim, desde o 25 de Abril, cada um é livre de aderir à greve ou não aderir. A liberdade é para isso mesmo: para que cada um opte, livremente, pelo quer ou não quer fazer.
Foi o que aconteceu ontem: uns resolveram fazer greve e outros resolveram não fazer greve. Uns e outros estavam no seu direito.
É por isso espantoso que tenha havido grevistas a tentar, por todos os meios, boicotar os que ontem quiseram ir trabalhar.
Ora, 37 anos depois do 25 de Abril, ainda há gente que não percebeu que a liberdade é mesmo para todos, ou seja, que a liberdade pode ser usada também para ir trabalhar em vez de fazer greve.

Banco Alimentar contra a fome

Imagem
Também possível participar via internet em: http://www.alimentestaideia.net/

25 de Novembro - Santa Catarina de Alexandria

Imagem
Santa Catarina de Alexandria Estebán Murillo (1650-1655) Óleo sobre tela (186x104cm) Museu de Arte de São Paulo S. Paulo (Brasil)

Discurso do Papa à Assembleia do Conselho Pontifício para os Leigos

Estaremos condenados à arrogância da ignorância?

Público 2011-11-25 José Manuel Fernandes O que me chocou mais na história do vídeo dos estudantes ignorantes foi tentarem justificar o que não tem justificação ________________________________________ A África é um país da América do Sul? Que disparate, ri-se o país em peso e sem piedade da rapariga da Casa dos Segredos. O tecto da Capela Sistina foi pintado por Miguel Arcanjo? Que ignomínia, protesta o rapaz apanhado em falso, para quem "o papel da revista Sábado foi puramente ignóbil", numa linha de argumentação que até cativou o humorista Bruno Nogueira. Não duvido que, se andássemos de câmara de vídeo ao ombro e lista de perguntas afiadas pelas ruas, pelas salas de professores, pelos corredores da Assembleia ou por muitas redacções, faríamos com alguma facilidade mais alguns vídeos semelhantes ao que circulou toda a semana na Internet. Mas isso não me leva a desculpar a ignorância que nele se destapa: no total de 100 entrevistados, só cinco acertaram em todas as respos…

Comunicação do bispo de Coimbra aos docentes e investigadores da Universidade

A Mão Invisível

Miguel Alvim Infovitae, 1550, 24.Nov.2011
Nunca como hoje, na Europa e no chamado Ocidente capitalista, se teve melhor percepção do conceito de “mão invisível”. Algo está realmente mal e não funciona. Será na economia? São os mercados? Não são. São as pessoas. Tudo se passa e se decide nesse “território” básico e natural da moral e da ética que é a pessoa humana. O mais, são meros desenvolvimentos dessa realidade ontológica preliminar constitutiva. Como pretender e reclamar uma economia saudável, se as pessoas que precisamente actuam no mercado e nos mercados não são sérias? Como assegurar a vitalidade da família e o bom funcionamento dos sistemas públicos, da saúde à justiça, da regulação e da supervisão bancária à educação, se as pessoas subvertem, enganam e mentem, desviam e roubam, não zelam, não cumprem, não pagam, não se comprometem, não se esforçam, não amam, não cuidam do outro e abortam? Os exemplos são múltiplos, mas relevam todos do mesmo sintoma de falha espiritual: do carácter (ou da…

Banco alimentar - 26 e 27 de Novembro

Imagem
Lisboa, 23 nov 2011 (Ecclesia) - O Banco Alimentar contra a Fome promove, este sábado e domingo, uma nova recolha de alimentos, tanto em superfícies comerciais como através de uma plataforma na Internet.
"De ano para ano, aumenta o número de pessoas com carência de alimentos no nosso país", adverte a instituição.
O canal online, inaugurado em maio, será reativado a partir de quinta-feira, até 4 de dezembro, o que permite ajudar esta instituição “com facilidade e comodidade”, lê-se no site do Banco Alimentar Contra a Fome.
Através desta modalidade, o doador encontra um conjunto básico de “produtos disponíveis ao preço mais baixo de mercado”, pode ler-se.
A Microsoft Portugal decidiu inaugurar o canal de doações online (www.alimentestaideia.net) e ofereceu dois mil cabazes família, num valor total de 20 000 euros, refere um comunicado da instituição, enviado à Agência ECCLESIA.
O cabaz de família, que pode ser doado a título individual, é constituído por leite, latas de …